Exame Fosfatase Alcalina, Resultados, como é feito

A Fosfatase Alcalina é uma enzima encontrada em diversos tecidos do corpo humano entre eles, no Fígado, Rins, Placenta, Intestino e nos ossos, sendo que a maior concentração dessa enzima se encontra nos Ossos e Fígado.

Quanto ao exame Fosfatase Alcalina, esse é necessário para investigar possíveis doenças que possam estar afetando tanto os Ossos como o Fígado, recomendado pelo médico quando existe algum sintoma que sugere complicações em um desses órgãos.

O que é

Como já adiantamos, o exame da Fosfatase Alcalina em geral é realizado para investigar possíveis doenças tanto no Fígado como nos Ossos, levando-se em conta sintomas como a Dor Abdominal, Urina Escura, Icterícia ou até mesmo alguma deformação óssea.

Esse exame também pode ser realizado apenas como rotina, juntamente com outros exames para avaliar a saúde hepática.

Como é feito

O exame, realizado em laboratório é feito com amostragem de sangue. O sangue é retirado de uma veia do braço para ser analisado onde será avaliado os níveis de Fosfatase Alcalina.

Para a realização desse exame, recomenda-se um jejum na seguinte forma:

  • Crianças de até 1 ano de idade – a recomendação é de um jejum com no mínimo 3 horas,
  • Crianças de 1 ano de idade a 6 anos de idade – recomenda-se um jejum de no mínimo 4 horas,
  • Para pessoas acima de 6 anos de idade – nesse caso, o jejum deve ser de no minimo 8 horas.

Em geral, um exame de laboratório como esse, é feito pela manhã e a tarde já sai o resultado. Em outros casos, o mais tardar no dia seguinte o resultado já estará disponível também.

Esse exame pode ser realizado gratuitamente pelo SUS e para quem tem planos de saúde, em geral, o plano também pode cobrir as despesas do exame.

Atenção – para quem vai realizar o exame Fosfatase Alcalina, é importante que não tenha havido exame de biópsia hepática nos últimos 5 dias.

Níveis normais

Os valores normais de Fosfatase Alcalina são assim distribuídos:

Para pessoas do sexo masculino com idade abaixo dos 19 anos:

  • De 0 a 14 dias de vida – os níveis normais variam de 83 a 248 U/L,
  • De 15 dias a menor de 12 meses de vida – os níveis normais variam de 122 a 469 U/L,
  • De 1 ano de idade até 9 anos de idade – os níveis normais variam de 142 a 335 U/L,
  • De 10 anos de idade a 12 anos de idade – os níveis normais variam de 129 a 147 U/L,
  • De 13 anos de idade a 14 anos de idade – os níveis normais variam de 116 a 448 U/L,
  • De 15 anos de idade a 16 anos de idade – os níveis normais variam de 82 a 331 U/L,
  • De 17 anos de idade a 19 anos de idade – os níveis normais variam de 55 a 149 U/L,
  • Para homens adultos – os níveis normais variam de 40 a 129 U/L.

Para pessoas do sexo feminino com idade abaixo de 19 anos:

  • De 0 a 14 anos de idade – os níveis normais variam de 83 a 248 U/L,
  • De 15 dias a 12 meses de vida – os níveis normais variam de 122 a 469 U/L,
  • De 1 ano de vida a 9 anos de vida – os níveis normais variam de 142 a 335 U/L,
  • De 10 anos de vida a 12 anos de vida – os níveis normais variam de 129 a 447 U/L,
  • De 13 anos de vida a 14 anos de vida – os níveis normais variam de 57 a 254 U/L,
  • De 15 anos de vida a 16 anos de vida – os níveis normais variam de 50 a 117 U/L
  • De 17 anos de vida a 19 anos de vida – os níveis normais variam de 45 a 87 U/L,
  • Para mulheres adultas – os níveis variam de 35 a 104 U/L.

Fosfatase alcalina alta

A Fosfatase Alcalina alta pode acontecer por várias razões. Entre as mais comuns estão:

  • Fator biológico  como o período de gravidez, a idade ou o sexo,
  • Aumento da Fosfatase Alcalina óssea – devido a fraturas, tumores ósseos, doença de Paget, Raquitismo, entre outras,
  • Aumento da Fosfatase Hepática – devido a hepatite viral, Coledocolitíase, Neuplasia Hepática, entre outras complicações no fígado,
  • Drogas – uso da morfina também pode causar o aumento nos níveis de Fosfatase Alcalina, entre outras drogas medicamentosas.

Fosfatase alcalina baixa

Também a Fosfatase Alcalina baixa pode ser provocada por razões variadas, tais como:

  • Destruição de hemácias por algum motivo não esclarecido,
  • Pelo uso de anticoncepcionais orais,
  • Pelo uso de medicamentos anticoagulantes como, por exemplo, a Aspirina,
  • Pelo uso de medicamentos antiepilépticos
  • Pelo uso de medicamentos hipolipemiantes como no caso da Sinvastatina,

Porque fazer o Exame

Quando o indivíduo apresenta algum tipo de complicação que possa ser indício de que algo está errado com os seu fígado ou mesmo com a saúde dos ossos, ao buscar por ajuda médica, certamente que o profissional irá solicitar um exame de sangue onde poderá ser incluído o exame Fosfatase Alcalina para descobrir o porquê desses sintomas. Isso será necessário quando se apresentarem sintomas como:

  • Náuseas com ou sem Vômitos,
  • Inchaço com dores abdominais,
  • Sensação de fraqueza,
  • Icterícia (pele e olhos amarelados),
  • Fezes claras ou com uma coloração esbranquiçada,
  • Coceira pelo corpo,
  • Urina com coloração escura,
  • Diminuição ou falta de apetite,

Esses todos são sintomas muito claros de que algo errado está acontecendo com o Fígado, motivos suficientes para que o exame seja feito com urgência.

Além disso, antes de propor qualquer tipo de tratamento para o paciente, o médico responsável precisará sabe com toda garantia o que de fato está acontecendo e, para isso, além desse exame do exame de Fosfatase Alcalina, deverão ser solicitados outros exames a critério do médico.

Leia também