Como aumentar a Testosterona e ter uma Vida Sexual Saudável

É de suma importância saber como aumentar a Testosterona, pois esse hormônio é fundamental na vida dos homens, especialmente para aumentar a libido. Já para as mulheres eles influenciam diretamente na fase da TPM, mas, além disso, ele também é importante para aumentar a musculatura e a massa óssea.

Convém lembrar que as mulheres também são beneficiadas com esse hormônio para aumentar a libido, um problema muito comum para ambos os sexos com o passar dos anos tendo como causas motivos bem diversos, e no caso das mulheres, mais acentuado a partir da menopausa.

SINAIS DA TESTOSTERONA BAIXA NO HOMEM

Os níveis de Testosterona baixos apresentam alterações no humor, acúmulo de gordura no corpo, perda de massa óssea com riscos de osteoporose, problemas com o sono, cansaço, dificuldade de concentração, perda de massa muscular, menos apetite sexual, entre outros problemas.

SINAIS DA TESTOSTERONA BAIXA NA MULHER

Os sinais do baixo nível de Testosterona no organismo da mulher são semelhantes aos dos homens, pois pode diminuir o desejo sexual, dificuldades para chegar ao orgasmo, falta de ânimo para cuidar do corpo, entre outros sinais.

Para aumentar a Testosterona é imprescindível que cuidemos da alimentação, e já podemos adiantar que o consumo de açúcar é altamente prejudicial para esse processo, uma vez que a ingestão de bebidas doces baixam os níveis do hormônio ao invés de aumentar.

como aumentar a testosterona

O baixo nível de alguns nutrientes no organismo, tais como o magnésio, o zinco e a vitamina D contribuem diretamente para baixar os níveis deste hormônio, por isso, sejam os alimentos ou os suplementos alimentares, cada alternativa deve apresentar boas quantidades destes nutrientes para que se possam normalizar os níveis de Testosterona.

Evitar alimentos industrializados – para o aumento da Testosterona deveu evitar a todo custo os alimentos e bebidas industrializadas, pois estes produtos contribuem apenas para ganhar peso sem saúde e reduzir os níveis do hormônio. Não devemos esquecer que o peso acima do normal não ajuda no aumento desse hormônio.

Tem ainda o café, chá preto, e outras bebidas que contenham a cafeína em sua formula, essa substância é extremamente prejudicial à produção da Testosterona.

Melhores alimentos – ingerir os alimentos saudáveis, com certeza vai contribuir para aumentar os níveis do hormônio, por isso, dê preferências para as verduras, legumes, frutas e até mesmo as carnes magras.

Melhores opções em frutas – por serem ricas em vitamina C, necessária na produção da Testosterona a, acerola, goiaba, maracujá, laranja e o limão são importantes na dieta alimentar, e ainda temos a banana e a maçã que contém zinco, mineral também necessário para aumentar os níveis do hormônio.

Melhores legumes – entre os legumes mais apropriados na alimentação para aumentar a Testosterona destacamos a abóbora e pimentão, mas também precisamos citar as folhas verdes como a couve-folha, o repolho e o brócolis que devem ser consumidos o mais natural possível.

Alimentos com gordura saudável – entre os alimentos de origem vegetal que são ricos em gorduras saudáveis para o organismo, podemos apontar as castanhas, amêndoas, as azeitonas, abacate, sementes de linhaça e nozes, estes todos são importantes aliados na produção do hormônio masculino, desde que sejam consumidos regularmente.

Tem ainda o coco, a soja, a canola, e o girassol que fazem parte dessa lista de alimentos. Mas a lista não para por ai, pois ainda tem o óleo de linhaça, o azeite de oliva extra-virgem e outros óleos vegetais que contribuem na produção desse hormônio masculino.

Feijão – um alimento com presença constante na mesa dos brasileiros o feijão é rico em proteínas e fibras, e também contém zinco em sua composição. Por conta disso, também contribuem no processo de produção da Testosterona.

Ovos – entre os alimentos de origem animal, os ovos são ricos em colesterol saudável, desde que não seja preparado frito, e por conta disso, tem papel importante como auxiliar na produção da Testosterona.

Ostras – por apresentar um alto teor de zinco, mineral que ajuda no aumento da Testosterona, as ostras frescas é uma ótima opção entre os alimentos de origem animal para ser consumida, tanto por homens como por mulheres.

Peixes – por conta do Ômega – 3 encontrado nas sementes e óleo de linhaça, além de peixes como salmão e sardinha, estes alimentos também são necessários na alimentação de quem se preocupa com os níveis normais de Testosterona.

Além disso, esses peixes são ricos em vitaminas do complexo B, que atuam diretamente na saúde reprodutiva tanto do homem como da mulher.

Praticar sexo – por ser um hormônio necessário para a libido, uma boa idéia é praticar atividade sexual, especialmente no horário da manhã quando os níveis de Testosterona estão mais altos, o que evita os riscos de baixas.

Descanso – Para garantir o aumento do hormônio também é necessário horas normais de sono durante a noite para diminuir o estresse, com no mínimo 6 horas de sono relaxante, porém  dependendo dos esforços físicos ocorridos durante o dia, será preciso aumentar a carga horária para esse descanso.

Lugar tranqüilo – na medida do possível, fuja do barulho da cidade em busca de um lugar tranqüilo no campo ou na praia, é preciso lembrar que quanto menos estresse, maior é a produção desse hormônio. Aproveite também para abastecer o organismo com a vitamina D tomando banhos de sol nas melhores horas do dia.

Praticar musculação – para ajudar a aumentar os níveis de Testosterona, também é necessário praticar musculação, e, nesse caso, melhor é exercitar um maior número de músculos possíveis praticando os exercícios no seu limite, treinando até se cansar, mas sem exageros certamente.

Terapia de reposição hormonal – hoje já podemos contar com a Terapia de reposição hormonal (TRH) que é feita através de injeções do hormônio ou ainda o uso de cremes a base desse hormônio, uma solução prática para homens que tem dificuldades para aumentar os níveis desse hormônio no organismo.

Efeitos colaterais – Porém, se o uso dessa terapia se prolongar, existem riscos dos efeitos colaterais como aumento da próstata, perda de cabelos além de danos nas células do cérebro e até mesmo os riscos de doenças cardíacas.

Entre os suplementos encontrados no mercado podemos citar o Somatrodol que age de forma bastante eficaz na formação de massa muscular tanto para homens como para mulheres aumentando consideravelmente os níveis de Testosterona.

Esse suplemento traz em sua composição elementos como magnésio, zinco, boro, vitamina B6, além da Arginina e Ornitina que aumentam a produção do hormônio de crescimento (HGH) que também é muito importante para a saúde do ser humano.

Durateston – para quem deseja aumentar a massa muscular, outro medicamento recomendado desde que não seja utilizado em excesso é o Durateston, um medicamento intramuscular que só pode ser adquirido nas farmácias com receita médica. Esse medicamento é indicado para suprir a carência do hormônio Testosterona no organismo.

Cuidados – a essas alturas já sabemos da importância desse hormônio na vida do homem e da mulher, porém na ansiedade de manter os níveis normais de Testosterona no organismo, é importante termos o cuidado com os excessos, uma vez que quando isso acontece, também vamos ter problemas.

Melhor solução – melhor mesmo é nos acostumarmos a viver uma vida saudável, cuidando dos alimentos que ingerimos, não apenas com a qualidade destes, mas também com a quantidade.

Se adotarmos um estilo de vida saudável, com uma alimentação correta, atividades físicas regulares, hora certa para descanso, e sem problemas com os vícios, com certeza vamos manter a saúde de todo o organismo, inclusive o controle nos níveis da Testosterona.

Agindo dessa forma, não vamos nem precisar de suplementos para suprir a falta desse hormônio.

Leia também